Flor de Macieira

Menina dos olhos da minha cor favorita

Dos cabelos de castanhos anéis;

O que eu queria mesmo era um beijo dos teus lábios tão finos,

E viver, pelo menos um dia, menina, com teu coração na minha mão.

.

Tu falas, com tua voz de suspiro,

Que amor por ti não tenho. Que os meus

Desejos por teus beijos são só carente solidão.

.

Mas, menina, se tu soubesses

Como aqui, à noite, eu te sonho

Talvez em meu amor tua dúvida creria.

.

O meu amor por ti é flor de macieira;

É a maçã inteira, perfumada,

Mas tão bela e brilhante, assim,

Tão reluzente que minha boca talvez não ousasse provar

Se um beijo teu, tu oferecesses…

Mas meu amor, menina, meu amor por ti não é maçã de cera.

É reluzente como a fruta falsa, mas tem o gosto

Que só um amor perfumado como o teu

Ousaria provocar.

.

Quem sabe, talvez algum dia

Esse meu amor por ti se desfaça,

Triste como maçã nunca mordida.

Mas até lá, menina flor de macieira,

Até lá eu te amarei pelo menos

Umas mil primaveras.

 

.

 

ML

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s